A Loja My Mini Moon utiliza cookies e outras tecnologias para que possa melhorar sua experiência como utilizador. Saiba Mais

Fechar

criança a sorrir a andar de baloiço

Hoje em dia, para além do tema da nutrição, está muito em voga, pode-se até dizer “na moda” (e que boa moda!) a prática do exercício físico.

Todos os dias somos bombardeados com notícias, sugestões e novidades sobre o exercício físico e sabemos que este deve fazer parte da nossa vida desde crianças e por isso, achamos pertinente partilhar com vocês um pouquinho sobre este tema e deixar uns testemunhos (no final do texto) de atletas profissionais de diferentes desportos sobre a importância, e de que forma, teve impacto para eles a prática de exercício físico desde tenra idade.

Segundo Carlos Neto numa entrevista para o jornal Observador, hoje em dia “As crianças têm menos capacidade de coordenação, menos capacidade de perceção espacial, têm de facto menor prazer de utilizar o corpo em esforço, têm uma dificuldade de jogo em grupo, de ter possibilidades de ter aqueles jogos que fazem parte da idade. Ao mesmo tempo, institucionalizou-se muito a escola. Nós hoje temos as crianças sentadas durante muito tempo, não há uma política efetiva adequada de recreios escolares. Os recreios são organizados muitas vezes em função de um modelo de trabalho, ou de um modelo de funcionamento pedagógico, que tem a ver mais com as aprendizagens pedagógicas obrigatórias ou consideradas úteis, e muito menos com as atividades do corpo em movimento. (...) Fizemos um estudo recente aqui na Faculdade de Motricidade Humana sobre a independência e a mobilidade da criança. Em 16 países Portugal aparece em décimo lugar. Temos um índice de mobilidade muito abaixo dos países do norte da Europa. Quer isto dizer que o nível de autonomia e de independência de mobilidade está a ser um problema muito sério nas culturas de infância do nosso país. Um país que tem um território muito apropriado para que as crianças possam viver o espaço exterior. Temos um bom clima, um nível de segurança que é dos melhores da Europa, temos uma natureza e uma cultura interessantíssimas e estamos a desperdiçar essa possibilidade. As crianças já não contactam com a natureza, já não saem à rua, e muitas vezes, o tempo que restava à criança para poder fazer isto tudo está restringido.” (...)

Link para a notícia

Com isto, podemos concluir que o a prática do exercício físico é essencial para o desenvolvimento físico e cognitivo das crianças e por isso, deve fazer parte da vida de qualquer criança. 

Ainda, como podemos observar, prática de exercício físico não significa que as crianças frequentem uma atividade extra curricular como o futebol, o ténis ou a natação e que só o facto de lhe darmos alguma liberdade para brincarem, saltarem e correrem já estamos a promover a prática de exercício físico. No entanto, estudos comprovam que fazer parte de uma atividade física, seja ela em equipa ou não, ajuda as crianças a desenvolver outras competências físicas, sociais e de formação cívica mas nada melhor que atletas profissionais para vos falarem sobre isso. Deixamos-vos aqui os seus testemunhos.

TESTEMUNHOS

Sempre pratiquei exercício físico desde criança e sempre foi o que eu mais gostei de fazer. Não só pela saúde, mas também porque me ensinou imensos valores, uma forma de saber estar e me fez conquistar amizades que levo para a vida. Hoje em dia sou atleta profissional de voleibol.
TIAGO VIOLAS – ATLETA PROFISSIONAL DE VOLEIBOL DO SPORT LISBOA E BENFICA

Há muitas formas de crescer, mas inserido numa modalidade coletiva, foi/é sem dúvida a melhor. Aprender a partilhar, organizar, respeitar compromissos, trabalhar para evoluir, lutando por objetivos próprios creio ser a forma mais completa, aliando o bem estar do nosso corpo, através do exercício.
HUGO TAVARES DA ROCHA – EX JOGADOR PROFISSIONAL DE ANDEBOL

A atividade física tem o objetivo de melhorar a saúde das pessoas, mas acima de tudo, proporcionar o bem-estar. Com ela aprendi a controlar o stress, a aumentar a minha produtividade e, de certa forma, aumentar a auto-estima.”
FRANCISCO FABIÃO – ATLETA PROFISSIONAL DE VOLEIBOL DO LEIXÕES

O fazer parte de uma atividade desportiva, voleibol no meu caso, permitiu-me amadurecer e crescer mais rapidamente quer a nível físico, como a nível mental e social. Incutiu-me valores que estão muito presentes no desporto e que são extremamente importantes para uma vida em sociedade e em comunidade como ajudar o próximo, ser resiliente, ser trabalhador, etc. Resumidamente, considero que o desporto fez de mim melhor homem e melhor pessoa!
IVO CASAS – ATLETA PROFISSIONAL DE VOLEIBOL DO SPORT LISBOA E BENFICA

A prática de exercício físico deve ser levada com alegria e não como martírio. Só assim os objectivos serão atingidos.
TIAGO BRITO – ATLETA PROFISSIONAL DE FUTSAL DO SPORT LISBOA E BENFICA

Cada vez mais está provado que um estilo de vida saudável só tráz beneficios à nossa saúde, para isso contribuem e muito as atividades físicas! Para além disso, como atleta, tenha perfeita noção de quão importante a prática desportiva é nas nossas vidas! Desde tenra idade, educa e disciplina as crianças tornando-as em adultos melhores e exemplares!
PAULO MORENO – ATLETA PROFISSIONAL DE ANDEBOL DO SPORT LISBOA E BENFICA

O desporto faz parte da minha vida desde sempre. Ensinou-me valores morais, perseverança e especialmente a noção de prioridades. Conciliar a universidade, o clube, a seleção e a família tornou-me a pessoa que sou hoje e só posso agradecer.
MARIANA FERREIRA LOPES – ATLETA PROFISSIONAL DE ANDEBOL DA SELEÇÃO NACIONAL PORTUGUESA  E DA EQUIPA ALEMÃ THÜRINGER HC

Comentários (0)

Nenhum comentário até o momento

Carrinho de Compras

Back to shop

Carrinho está Vazio.

 

Experimente pesquisar por tags:

Conta

Sem conta?
Criar Conta
4